Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Dizer Não em contextos sociais - Lista de Não(s)

 

 

Para os indivíduos que estão abstinentes de álcool e/ou substâncias psicoactivas (Recuperação) apresento uma lista de respostas para aquelas situações caricatas e desconfortáveis (pressão social) quando surge alguém e pergunta “Queres beber um copo? Vamos divertir à grande… Não sejas careta…É só hoje..”

 

A abstinência de bebidas alcoólicas ou substâncias ilícitas (drogas) é um compromisso individual, mas em alguns contextos sociais pode ser um acto isolado, isto é, não se pode pedir a outra pessoa para ser responsável por isso, mesmo que não seja entendido ou respeitado. Por isso, não necessita justificar as suas decisões, assuma essa atitude, perante a pressão social.

 

Conheço um caso de um indivíduo abstinente de substâncias psicoactivas, incluindo o álcool, há dez anos, o próprio pai sugeriu ao filho “Olha lá, estamos aqui a festejar e já passou tanto tempo desde que estás abstinente, não achas que já podes beber um copo de champanhe?!” O filho optou por continuar abstinente, sem justificar, ao pai a sua escolha pessoal.

Quando o ambiente (ex. festa, jantar entre amigos/as) é desconfortável pode sentir uma sensação de vulnerabilidade perante cenários imprevistos.

 

Dizer Não pode ser difícil, mas com habilidade criativa e competência treinada os resultados são satisfatórios e encorajadores. Na comunicação podemos escolher as respostas que mais se adequam aos nossos valores e decisões, é um direito que nos assiste - Assertividade. Qualquer resposta serve, sem ser justificada.

 

Algumas dicas:

 

  • Não obrigado, estou a beber uma água.
  • Bebidas alcoólicas interferem com a medicação para a asma.
  • Obrigado pelo convite, mas tenho imenso trabalho para fazer em casa.
  • Não obrigado, prefiro beber a minha bebida favorita (ex. coca-cola ou outra qualquer).
  • Sou alérgico ao álcool.
  • Não bebo bebidas alcoólicas, porque esta noite vou conduzir.
  • Amanhã tenho um teste importante.
  • Não obrigado, estou a tomar medicação que não pode ser misturada com o álcool.
  • Estou em dieta…o álcool têm imensas calorias.
  • Não obrigado, já bebi o suficiente.
  • Sabes qual é o teu problema? Preocupaste demasiado com os outros. Está na hora de colocar as tuas prioridades em primeiro lugar.
  • Pois, não estou interessado/a em ingerir veneno…estou a tentar, um dia de cada vez.
  • Não quero perder o bom senso e a pouca de inteligência que ainda tenho.
  • Já sou um idiota quando estou sóbrio. Se beber ainda irá piorar a situação.
  • Amanhã, vou doar o meu fígado ao meu sobrinho de 8 anos. Não quero que ele seja um alcoólico em recuperação.
  • Obrigado pelo convite, adorava tomar uma agua tónica (ou outra bebida sem alcool).
  • Desculpa, mas nunca bebo às sextas-feiras (ou outro dia qualquer)
  • Não quero beber. A festa ainda agora começou e quero apreciar o ambiente até ao fim.
  • Não bebo. Sou demasiado novo e perigoso.
  • Não obrigado, por hoje estou a adiar ao máximo o consumo de álcool.
  • Desculpa, mas sou alérgico
  • Não bebo obrigado, sou solteiro/a.
  • Não bebo, obrigado, sou casado/a
  • Não bebo em frente ás crianças.
  • Agora não, talvez mais tarde.
  • Não obrigado, ainda não estou desesperado
  • Não obrigado o meu fígado está cansado
  • Não obrigado. Estou a tentar não ficar com barriga de cerveja.
  • Não bebo, vou conduzir.
  • Não bebo, estou grávida.
  • Não obrigado, prefiro ficar inebriado com a vida.
  • Se quero um rum com cola?! Ok, sem rum.
  • A água é a minha bebida preferida
  • A última vez que bebi, fui parar a um centro de tratamento. Acredita, não quero lá voltar!
  • Acredita que sou mais divertido quando estou sóbrio.
  • Prefiro as bebidas com cafeína, queres uma cola?
  • Estou com renite alérgica. Os medicamentos não ligam com o álcool.
  • Não sou um tipo que bebe álcool, prefiro água, se não te importas.
  • Não obrigado, esta noite não bebo.

 

Quando estiver numa situação de risco (pressão social) estabeleça um PLANO, e diga para si mesmo “Hoje não vou beber.” Se sentir desconfortável procure a saída, para a rua, mais próxima. Recuperar É Que Está a Dar.