Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

A recuperação da adicção às drogas, incluindo o alcool


 

Ao longo da minha experiencia, como técnico em comportamentos adictivos, muito se tem falado e discutido sobre a problematica da toxicodependencia, em Portugal. Foram adoptadas algumas medidas dissuasoras, coerentes e acredito com resultados positivos no "combate" ao problema da droga e da toxicodependencia, tais como a eliminação do Casal Ventoso (antigo "supermercado de compra e de consumo de todo o tipo de drogas), da comparticipação do estado no tratamento (ajuda financeira através de instituições privadas), salas de injecção assistida (salas de chuto), tratamento com metadona, etc só para refirir alguns.

Todavia, gostaria de me desviar desta perspectiva demasiado politica e sensacionalista por um lado, visto na maioria dos casos continuar a negligenciar as verdadeiras necessidades do individuo, da prevenção e do respectivo tratamento da dependência de drogas, incluindo o álcool. Vivemos numa sociedade que reforça o estigma e a marginalização daqueles que sofrem desta doença e dos seus familiares. Vou focar-me na importância no conceito designado de Recuperação
Gostaria destacar aqueles indivíduos anónimos que sofrem da doença da adicção que interrompem a progressão da doença através da abstinência e mantêm a motivação e a determinação em seguir em frente na busca de um estilo de vida digno através de um conjunto de medidas, competências e recursos familiares e/ou profissionais. Sabemos que o processo de recuperação não é linear, estático e não funciona com valsas moralidades, bem pelo contrario, é altamente complexo e exige total compromisso às instituições e profissionais, assim como ao proprio individuo afectado pelo problema. 
A recuperação da adicção activa assume duas componentes que se interrelacionam entre si: a componente individual e a social. Para o individuo significa adoptar um estilo de vida digno, saudável, construtivo adoptando a abstinência total de substâncias psicoactivas lícitas, incluindo o álcool, e as ilícitas, como o ponto de partida e de mudança de atitudes e comportamentos. Recuperação significa transformação, indivíduos estigmatizados que regressam à vida activa na sociedade como cidadãos validos e competentes. São indivíduos resilientes, "vencedores" da adversidade da vida, que vivem no presente e com uma perspectiva de futuro sobre o melhor caminho a seguir cultivando a humildade, a esperança e a fé, com honestidade e respeito mutuo.
Conheço pessoas (adictos) que permanecem em recuperação, vidas com qualidade e liberdade de escolha, há 19, 20, 25 anos. 
Eis alguns etapas que são factores de esperança e auto-realização na Recuperação individual:


 

Inicio de uma vida nova com esperança


 

Redução do medo sobre o futuro (desconhecido)


 

Reaparece a Auto-estima


 

Alimentação saudavel


 

Pensamento realista e define objectivos


 

O desejo de "fugir" desaparece


 

Esforço apreciado pela familia e amigos


 

Ajuste das necessidades familiares (ex. limtes e papeis)


 

Desenvolvem-se novos interesses


 

Novo círculo de amigos


 

Situações do dia-a-dia encaradas com coragem e esperança


 

Renascem os ideais, os sonhos e a ambição


 

Primeiros passos na estabilidade economica ( ex. pagamento de dividas acumuladas consequencias do passado)


 

Aplicação de novos valores e principios de uma vida saudavel e sustentavel


 

Para muitos surge um novo modo de vida, mais lúcido e esclarecido (proposito e sentido), a um nivel muito superior que jamais pensavam possivel alcançar.


 

"Mais será revelado". Irei continuar a explorar e a divulgar o conceito Recuperação da adicção