Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperação da adicção activa à nicotina

 O meu nome é Tó-Zé para além de dependente químico e alcoólico em recuperação há 12 anos, 3 meses e 7 dias. Também estou em recuperação da Adicção à nicotina há 2 meses e dois dias, só posso dizer que me sinto um milagre com pernas, pois para conseguir estar livre de todas estas dependências, só por hoje, é o meu maior investimento e tesouro.

 

Quanto à recuperação da adicção à nicotina o que posso dizer é que não foi fácil e continua a ser um desafio diário. Passei pelo menos 22 anos de consumo diário desde que acordava, aquele ritual do café e do cigarro, até antes de apagar a luz ao deitar-me o cigarro foi o meu melhor amigo. A nicotina a droga que o acompanha, de uma forma praticamente indolor e eficaz em lidar com tudo. O cigarro, o maço de tabaco estava sempre comigo para onde quer que fosse. Esta mudança tem sido provavelmente a decisão mais dura que tomei em recuperação, pois já há alguns anos que tinha o desejo de parar.

 

Fiz várias tentativas com os métodos que todos conhecemos e não resultou voltava sempre a acender só mais um que me levava a um maço de seguida e diariamente andava na casa dos dois maços sentia-me pessimamente por depender desta droga mesmo estando em recuperação há vários anos. Comecei a sentir que a relação que tinha com os cigarros era semelhante às drogas, mais tarde de facto vim a aceitar que a nicotina é uma droga e que os cigarros são uma invenção de engenheiros químicos que permitem levar a nicotina e os 4000 químicos que compõem o fumo do cigarro a entrar na corrente sanguínea até atingirem o cérebro. De facto, é uma droga poderosíssima, pela minha experiência de muitas tentativas. Esta droga foi mesmo a mais difícil de deixar e é mesmo só por hoje. Há dias que é só por agora.

 

Existem no entanto grupos específicos para lidar com esta adicção. Existe uma reunião que passou a funcionar às segundas-feiras às 20h no ATL da Galiza em S.João do Estoril. Este grupo tem-me ajudado a manter este compromisso pessoal que tanto desejei e que hoje estou a desfrutar. Viver limpo é gratificante, a saúde é uma nova experiência, convido todos os que já beneficiam deste bem-estar assim como quem deseje experienciar esta liberdade a aparecer na nossa reunião. Obrigado +24h

 


Comentário: Os parabéns ao Tózé pela sua recuperação. A natureza da adicção activa varia de individuo para individuo dependendo da vários factores internos e externos, todavia gostaria de salientar a esperança e a gratidão para quem procura recursos, de forma a melhorar a sua qualidade de vida. Se você comparar os benefícios do consumo de tabaco com as consequências negativas pode contemplar a mudança de rotinas e hábitos associados ao consumo. Recursos são a palavra de ordem.