Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Testemunho - ajudar, atraves do desapego emocional

Boa tarde,


Não sei bem por onde começar, tenho um amigo toxicodependente, uma situação muito complicada. Ele é imigrante, esta ilegal, já foi um sem abrigo, actualmente depende da ajuda de algumas pessoas que lhe pagam alojamento e alimentação.

Há mais ou menos três anos fez uma desintoxicação no CAT (Centro de Atendimento Toxicodependência), nunca parou de consumir, mas consumia de uma forma espaçada, tipo uma ou duas vezes por semana, mas agora entrou numa fase de  consumir quase todos os dias. Aguenta tipo dois dias, depois bebe um pouco e vai consumir. Está no programa de metadona do CAT com 80mlg.

Sei que tenho alguma culpa nisto, porque acabo por lhe dar sempre o dinheiro que ele diz ter de pagar aos traficantes, diz que lhe emprestam e depois tem de ir pagar o que consumiu. Isto poderá até ser verdade, mas acho que ele depois quando vai lá novamente paga e consome mais.


Ele tem hepatite C e HIV e está tomar medicação no Hospital. O médico já lhe disse que se não pára de consumir lhe retira a medicação. Sinceramente, penso que no CAT com os métodos deles, não vai a lado nenhum.

Ele diz que quer deixar, faz projectos para o futuro, mas acaba sempre por não conseguir concretizar. Ele tem apoio e carinho das pessoas amigas, mas nada parece surtir efeito. Não sei se  ele vai conseguir deixar de consumir. Muito sinceramente, não acredito nos programas de internamento, por alguns meses, porque quando saem de lá  muitos voltam aos consumos.

Desculpe, isto é mais um desabafo, sei que não devia lhe dar dinheiro, sei que me vai dizer que sou codependente, sei que me vai dizer que é ele que tem de mudar, que tem de ser responsabilizado pelo caminho que está a dar á vida dele. Provavelmente, não o sei ajudar. Sei que eles podem ser mentirosos, inventar histórias, tudo e mais alguma coisa, mas este meu amigo nem sempre mente, e nunca inventou grandes histórias.
Obrigada por ler este meu email. Sei que não existem milagres, mas tenho pena que este meu amigo não pare de consumir.

Catarina (nome fictício)

 

 

Bom dia

lamento que o seu amigo esteja numa situação tão delicada e dolorosa. A dependência das substâncias é uma doença multifacetada e complexa e o tratamento, como sabe, não é através da "eliminação de um vírus" através de uma vacina. São necessárias condições específicas para que o processo destrutivo seja interrompido.


Sugiro que contacte a Comunidade Vida e Paz. Vá ao Google e é fácil de aceder. Pode ser que eles tenham algum tipo de ajuda disponível.


Gostaria de acrescentar que a doença das dependências também pode afectar seriamente as outras pessoas, principalmente aquelas pessoas que não conseguem desapegar-se emocionalmente do problema. Neste caso, refiro-me a si.
Rapidamente, vou ilustrar esta questão através deste exemplo.
Imagine vai de avião numa viagem para a Austrália. De repente, o avião começa aos saltos e solavancos, a maioria dos passageiros fica em pânico e aos gritos, entretanto surge a voz do comandante, "Atenção por favor, coloquem as mascaras de oxigénio, o avião tem uns problemas no motor da asa esquerda e vamos tomar medidas para prevenir acidentes. Urgente."
Nos lugares junto ao seu estão duas senhoras idosas atrapalhadas com as mascaras e começam a ficar em pânico. O que é que você faz?

Imediatamente, deve colocar A SUA MASCARA DE OXIGENIO, EM PRIMEIRO LUGAR, porque como sabe corre o risco serio de ter consequências graves de saúde caso não tenha oxigénio para respirar. E só depois pode ajudar as senhoras idosas a colocar a mascara e a tranquiliza-las.

Gostaria de saber se posso publicar o seu email, salvaguardando todos os seus dados pessoais. Através do seu caso pode ajudar outros. A vida está repleta de adversidades e desafios podemos aprender lições que nos ajudem no caminho da auto realização e da solidariedade. Você parece uma pessoa cheia de qualidades, mas não se esqueça da sua "mascara de oxigénio."

Os meus sinceros cumprimentos

João Alexandre Sousa Rodrigues

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.