Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências Sem Fronteiras

Após ter conhecimento de que o movimento Recuperar das Dependências já ultrapassou as expectativas iniciais (desde Agosto de 2008), constato com entusiasmo, que o blogue também é visitado, provavelmente, por portugueses residentes no estrangeiro. Nesse sentido, apresento alguns dos países que mais aparecem referenciados:


Africa - Nigéria, Moçambique, Angola, Tanzânia, Senegal, África do Sul, Egipto, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Burkina Faso, Quénia, Namibia, Uganda,



Américas - Estados Unidos da America, Brazil, Canadá, México, Argentina, Colômbia, Bolívia, El Salvador, Paraguai, Chile, Equador, Peru, Dominica, Costa Rica, Porto Rico, Venezuela,



Ásia - Paquistão, Republica da Coreia, Federação Russa, Hon-Kong, Macau, Turquia, Arábia Saudita, Israel, Japão, Singapura, Filipinas, China, Indonesia, Vietname



Europa - Suécia, Luxemburgo, Suiça, Holanda, Bélgica, Itália, Alemanha, França, Inglaterra (UK), Noruega, Espanha,Grécia, Áustria, Eslováquia, Rep. Checa, Polónia, Roménia, Luxemburgo, Finlândia, Dinamarca, Malta, Ucrânia, Irlanda, Àustria

 

Oceania -  Austrália, Nova Zelândia



Para o movimento/causa Recuperar das Dependências não existem fronteiras ou limites (oceanos, continentes, etc) quanto a passar a Esperança de recuperar (um novo estilo de vida) dos comportamentos adictivos.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.