Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

(Re)nascer das Cinzas

Desde muito cedo, a falta de alegria e o ressentimento justificado tornaram-me uma pessoa sensível. De certa forma o exterior (amigos, ambiente) também contribuiu para uma situação delicada (risco acrescido) motivado pela compulsão e a obsessão pelas drogas. O resultado foi imensas falhas ao longo do meu crescimento, como criança e depois como adolescente.

 

Após ter conhecido Narcóticos Anónimos[i] (NA) e entrar em contacto com a minha realidade (historial passado e presente) considero que me anulei com amor doentio (orgulho desmedido) e falta de uma alegria honesta, todavia o processo disfuncional continuou sempre presente (falhas). Depois de 20 anos, limpo e sóbrio[ii], mas sem alegria e “alimentando” o ressentimento justificado (magoa e frustração) levou-me sem justificação à recaída.

 

Na altura que escrevo este texto, voltei a NA e já passaram 89 longos dias de abstinência. Sinto-me a despertar para uma nova vida e a viver o só por hoje (Um dia de cada vez) com outra intensidade, alegria, com um sorriso nos lábios e disponível para dar abraços como se fosse o ultimo. É único.

 

Hoje onde vejo os meus defeitos e qualidades, compete a mim mesmo tratar deles com muito respeito e carinho, pois é tudo o que tenho de bom e de mau. Aprendi que é bom reconhecer, aceitar e vejo como o perdão me proporciona alguma tranquilidade, paz e alegria para o coração. (Re) Encontrei energias renovadoras que me fazem imenso bem.

 

Espero que me desculpem por servir destas palavras para “chegar” a Deus.

 

Comentário: Desde já o meu incentivo a este Anónimo, cuja decisão em (re)iniciar o seu processo de Recuperação, após uma recaída, é louvável.

Gostaria de comentar duas questões.

A doença da Adicção (drogas licitas, incluindo o alcool, e as ilícitas) contempla/prevê estes episódios de recaída (recidiva), como parte do processo, tal como qualquer outra doença crónica, ex. diabetes. Para este episódio recidivo contribuem factores bio.psico.sociais e ambiente e normalmente o individuo não encontra uma explicação plausível.


Por ultimo, de destacar a Resiliência deste individuo que contra todas as probabilidades e previsões, reagiu de uma forma construtiva e digna, interrompendo a progressão da Adicção activa.

Atitude exemplar e inspiradora para muitos daqueles que estão "agarrados na rede" da Adicção activa e ou indivíduos que após um episódio de recaída aparentam perder os seus recursos e agem nos seus impulsos, perda de controlo, e gratificação imediata.

 

Um grande abraço e um Rumo de Vida Iluminado. Bem Hajas

Recuperar É Que Está A Dar

 

[i] Narcóticos Anónimos designa-se por um grupo de ajuda-mutua. Pessoas dependentes de substâncias que frequentam estas reuniões para se apoiarem mutuamente. São um recurso valido na nossa sociedade desde 1985.

[ii] Limpo e Sóbrio é uma expressão utilizada, por pessoas que frequentam NA, para designar a Recuperação (Novo Estilo de Vida baseado na Abstinência de Drogas, incluindo o Álcool). Tradução do Inglês – Clean and Sober


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.