Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

A importância da defesa pessoal, segundo João Carvalho

 

A sociedade moderna, foi sendo educada a confiar a terceiros, competências essas, que em última instância serão nossas. Um bom exemplo disso será a educação dos nossos filhos, a gestão das nossas casas, a nossa saúde e também a nossa segurança.

 

Os governos manipulam as pessoas, mediante interesses financeiros e criam melhores ou piores condições de vida consoante as necessidades dos mercados, hoje em dia existe um novo tipo de escravatura. Escravatura, que será mais dissimulada, talvez até pelo adormecimento de grande parte da população, mas também porque as pessoas foram ensinadas a viver (fuga/evitamento) com medos. Alguns exemplos, medo da religião, medo dos governos, medo dos patrões, medo … medo e mais medo!

 

Provavelmente, são poucos, aqueles que conseguem viver realmente livres … livres de medos infundados, livres nas suas atitudes e livres, na sua forma geral, de viverem em plenitude este dom que temos que é a vida !

Basta recuarmos, alguns seculos, e as pessoas viviam em pequenos grupos, e era nesses grupos que estabeleciam regras para o funcionamento da comunidade. Plantavam em comum, viviam em comum e a defesa das suas aldeias era feita por todos. Completamente alheios, em grande número dos casos, a leis e regulamentações impostas por terceiros, escolhiam viver as suas próprias leis e tradições.

 

O que nós observamos, hoje em dia na nossa sociedade, são cidades sobrelotadas e onde, apesar de existirem tantas pessoas, os níveis de isolamento são cada vez maiores.

Não é de estranhar observarmos alguém ser assaltado em plena luz do dia e apesar de dezenas de pessoas assistirem ao assalto, nenhuma tem sequer iniciativa para tentar ajudar a vítima.

 

Imagine este cenário: Você está em sua casa, tranquilo com a sua família a assistir a um filme depois de um dia cansativo de trabalho, e de repente, entram 3 homens mascarados em sua casa e depois de o espancarem a si, violar a sua mulher e maltratar os seus filhos, roubam tudo o que têm e pelo qual tanto trabalharam. Quais os tipos de cicatrizes emocionais deixará a todos, até ao final das vossas vidas ? Algum dia conseguirão superar a dor de tal agressão? Muito dificilmente.

 

A Defesa Pessoal: em prol da nossa integridade

A defesa da nossa integridade e de todos os nossos entes queridos, cabe a nós de a assegurar, esqueçamos a polícia e os vizinhos, esqueçamos todas as pessoas que moram no prédio, pois muito dificilmente alguma correrá em seu auxilio. A defesa pessoal é a forma mais básica que possuímos, refiro-me ao nosso instinto natural de sobrevivência, face a uma agressão, podermos reagir da forma correta e eficaz, e na mesma proporção de força perante determinada ameaça.

Dedique três ou quatro horas da sua semana, seguindo um programa eficaz de defesa pessoal, onde profissionais competentes o ensinam a dominar técnicas, a dominar a sua mente e reações? A sua vida e a da sua família não valerão muito mais?

Além disso junta o útil ao agradável, pois juntamente com o facto de estar a aprender a defender-se, também estará a praticar exercício físico e a sua saúde agradece! Se desejar saber mais sobre a Defesa Pessoal contacte-me.

 

João Carvalho - Certified Personal Trainer (CPT) 

Treinador de Israeli Krav Maga

Porto

 

Contacto de email: jcpersonaltr@gamil.com

www.kravmaga.pt

 

Comentario: Os meus agradecimentos ao João Carvalho (Personal Trainer) pela sua contribuição no Recuperar das Dependências. Tal como refere no seu artigo, e também partilho da mesma ideia, de facto, estamos expostos a niveis elevados e preocupantes de insegurança, de exposição ao risco e à violência gratuita, para constatar esta realidade, basta ligar a televisão e ler nos jornais diarios.

A defesa pessoal é uma actividade fisica onde aprendemos a estar mais seguros, porque adquirimos competencias (técnicas e pequenas dicas) e ficamos mais habilitados a prevenir e ou intervernir em situações criticas, caso seja necessario. Todavia, considero a defesa pessoal, como mais uma, entre muitas, actividade fisica salutar e promotora de qualidade de vida onde se priveligia a camaradagem, entre ajuda, o convivio, a concentração e a disciplina, o contacto fisico, a resistencia fisica e mental ao esforço e ao desenvolvimento de competencias geradoras de autoestima (auto conceito) e resiliência. Se está em recuperação dos comportamentos adictivos pratique exercicio fisico.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.