Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Recuperar das Dependências (Adicção)

Contra o estigma, a negação e a vergonha associados aos comportamentos adictivos. O silêncio não é seguramente a melhor opção para a recuperação; ninguém recupera sozinho.

Stress e distress


 


Departamento de Engenharia Informática
Universidade de Coimbra
Stress
Comunicação Técnica Profissional
Luis Fernando Lopes Alvaroalvaro@student.dei.uc.pt

Introdução
Com o aumento do ritmo de vida nas sociedades actuais são cada vez mais comuns as pessoas que sofrem de stress e cada vez se vendem mais medicamentos relacionados com o stress. Se ainda não sabe descubra o que é o stress, como surge e como o pode evitar.
 
O que é o Stress?
Stress é uma tensão de origem, normalmente, inconsiente que pode adoptar formas orgânicas ou psicológicas.
O termo "Stress" nasceu no campo da arquitectura e da física e referias-se à acção de alguns agentes externos que produziam mudanças nos materias de construção.
Somente nos anos trinta o Fisiólogo Hans Selye começou a usar o termo stress para explicar os fenómenos externos que pressionavam um individuo e lhe provocavam reacções.
Hoje em dia os fenómenos são chamados de stressores e o termo stress refere-se á reacção do individuo em si.
Ao contrario do que se possa pensar o Stress não é negativo, bem pelo contrário, é fundamental para podermos fazer frente ás novas situações que nos surgem no quotidiano. É mesmo essencial para o nosso organismo manter as defesas sempre em alerta.

Distress
O Stress , normalmente falado pelas pessoas como "mau" é o chamado "distress" que aparece quando o organismo não sabe adaptar-se a uma nova situação e responde de forma desmesurada ao estimulo que essa situação provoca. Neste caso o individuo fica incapaz de pensar e de se concentrar e mesmo quando o estimulo acaba o corpo não sabe como voltar ao estado normal.

Causas de Stress
Qualquer situação que provoque uma mudança e exija uma adaptação do individuo pode provocar stress.
O stress pode ter causas pessoais, sociais, familiares e profissionais e a probabilidade de sofrer de stress depende da personalidade da pessoa e do seu estado fisico.

As personalidades mais sujeitas a sofrer de stress são aquelas muito competitivas, exigentes com os outros e consigo mesmo, intolerantes, agressivos, sempre sob pressão e que costumam fazer várias coisas ao mesmo tempo.
A tabela que se segue têm vários acontecimentos que provocam stress e se o valor acumulado ao longo de um ano for maior que 150 a pessoa tem 50% de possibilidade de sofrer de stress, se for maior que 300 esa probabilidade é de 90%
Acontecimento - Valor designado
  • Morte do conjugue 100
  • Divórcio 73
  • Separação conjugal 65
  • Morte de um familiar próximo 63
  • Lesão grave 53
  • Matrimónio 50
  • Despedimento 47
  • Reconciliação conjugal 45
  • Reforma 45
  • Gravidez 40
  • Problemas sexuais 39
  • Mudanças no campo financeiro 37
  • Morte de um amigo intimo 36
  • Mudança do tipo de trabalho 35
  • Desembolso grande dinheiro 31
  • Vencimento de uma hipoteca ou prestação 30
  • Problemas com a lei 29
  • Triunfo pessoal relevante 28
  • Mudança de hábitos pessoais 24
  • Problemas com superiores 23
  • Mudança nas condições ou horário de trabalho 20
  • Mudança nos hábitos de sono 16
  • Férias 13

Mas também nem só os humanos sofrem de stress. Qualquer animal cujos modelos de actuação naturais sejam alterados está também sujeito a ficar stressado. Esta teoria foi provada no inicio deste século pelo Fisiologo Ivan Pavlov através de experiências feitas no seu própio cão.
Essas experiências consistiam primeiramente em habituar o cão a apenas comer após o som de um apito e passado algum tempo o cão salivava cada vez que ouvia o apito. Mais tarde, Pavlov começou a aplicar descargas eléctricas ao cão ao mesmo tempo que lhe oferecia comida. O cão ficou com grandes desajustes no seu comportamento : sentava-se e levantava-se alternadamente, não parava de andar as voltas, tornou-se agressivo e irritava-se com facilidade.


Como surge?
O stress não surge de um momento para outro. Desde uma pessoa no seu estado normal até uma pessoa no estado de stress vão três fases:

 

 

Fase de alarme

É quando surge um nova situação ao individuo. O cerebro recebe e analisa os estimulos que lhe chegam dos sentidos e compara com a informação que já tem armazenada. Se chega á conclusão que o organismo não dispõe de recursos para responder a essa nova situação envia um sinal de alarme que vai libertar a hormona adrenalina e entre outras coisas aumenta o ritmo cardiaco, dilatam as pupilas, os musculos ficam tensos e a boca fica seca. Mas até aqui tudo é normal.

 

Fase de resistência
Durante a fase de resistência o organismo fica sujeito ao estimulo proveniente da nova situação e está sempre em alto nivel de actividade. Dependendo da capacidade física do individuo, mais tarde ou mais cedo começam a surgir sintomas de cansaço.

 

Fase de esgotamento
Se a actividade dura muito tempo a resistência do organismo esgota-se e surge o stress (neste caso Distress) que se conver-te num perigo se acontece frequêntemente.

Problemas Causados
O distress provoca problemas de variante orgânica e psiquica.

Orgânicos
Palpitações, problemas gastrointestinais,desequilibrios hormonais, tensão muscular, excesso de pressão sanguínea, dores de cabeça

Psiquicos
Inquietação,dificuldades de pensar e de tomar decisões, sentimentos de insegurança, perda de concentração, problemas em dormir, irritabilidade.
Uma situação de stress mantida durante muito tempo pode levar à morte e segundo uma investigação da Faculdade de Medicina da Universidade de Washigton pode provocar perdas de neurónios.

Os principais sintomas de uma pessoa que sofre de stress são: Transtrornos no sono, Dificuldades de concentração e de pensar claramente, tiques musculares. comer mais ou menos do que é habitual, indigestões ou diarreias, tensão nos ombros e no pescoço, acordar cansado, Beber e fumar mais do que é habitual, dores e fadiga constantes, facilidade de se irritar, mudanças de humor repentinas, falta de apetite sexual e tornar-se numa pessoa insociavel afastando-se de tudo e todos.

Como evita-lo?
Planificar o tempo permite organizar as actividades com ajuda de uma agenda e evita correrias e tensões de ultima hora. É importante não esquecer de reservar algum tempo para nós mesmos.
É muito importante dormir as horas necessárias. Normalmente são oito horas mas depende sempre de pessoa para pessoa, mas acima de tudo é importante aproveitar bem o tempo para dormir.
Separar a vida pessoal da profissional é essencial. Para isso devemos habituar-nos a esquecer o trabalho quando vamos para casa procurando praticar actividades criativas nos tempos livres.
Sair da cidade durante o fim de semana mudando de ambiente ou mesmo tirar uma semana de férias em pleno inverno ajuda a desligar e esquecer o ambiente que provoca o stress.
Partilhar os problemas com pessoas que nos compreendam diminui a tensão. mas é importante não falar a toda a hora do problema poque podemos acabar obcecados por ele.
Fazer exercicio liberta a tensão, permite uma maior afluencia de sangue aos musculos e baixa a concentração das hormonas que produzem o stress ao mesmo tempo que liberta endorfina que é uma substância que provoca sentimentos agradáveis.

Aceitar os equivocos evitando ,em caso de erro , tentar encontrar um responsável mas sim tomar uma atitude mais positiva procurando desde logo a melhor maneira de solucionar o problema.
Alimentação cuidada deve evitar alcool, café, chá, chocolate, açucar, muito sal, tabaco gorduras e picantes. Mas além do promenor do que se vai comer também é importante reservar o tempo necessário para as refeições de forma não haver necessidade de comer á pressa.
Praticar técnicas de relaxação ajuda corpo e mente a descansar e se possivel tirar um tempo para dormir uma sesta é optimo para combater o stress.

Conclusão
Apesar de afectar cada vez mais pessoas e da sociedade actual ser cada vez mais stressante, o Stress é um problema a ter em conta claro mas é um problema que se for cuidadosamente prevenido através de várias actividades possiveis.
 

Comentário: Sabia que o stress severo e continuado pode despoletar comportamentos Adictivos, incluindo as substâncias psicoactivas lícitas, incluindo o álcool, e as ilícitas, o jogo, o sexo, o distúrbio alimentar, codependência, as compras - shopaholics, o furto - shoplifting como forma de "premiar/recompensar"  e aliviar a pressão - gratificação imediata.

Responda a esta questão: Numa escala de 0 (nenhum) a 10 (elevado) onde situa o seu nivel de stress no dia-a-dia? 


 

Referências
Revista Quo nº21 de Junho de 1997 "Como levar uma vida com menos stress"
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.